Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

13/10/2015 às 14h31 > atualizado em 14/10/2015 às 09h51

Deputados querem reverter resolução que torna facultativo o uso de extintores de incêndio

Por Eduardo Santana

Deputados estaduais e fabricantes de extintores de incêndio para automóveis vão entregar aos deputados federais pelo Paraná uma ata com as principais reinvindicações em relação à Resolução nº 556/2015, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que torna facultativo o uso de extintores de incêndio para veículos de pequeno porte. A decisão foi tomada durante audiência pública realizada na manhã desta terça-feira (13), por proposição do deputado Paulo Litro (PSDB), para debater as consequências que a resolução do órgão federal está causando a fabricantes e comerciantes do produto em todo o estado e no país.

“Este é um tema muito preocupante. Só no Paraná, na região de Guarapuava, por exemplo, são cerca de um milhão de extintores em estoque, o que equivale a R$ 34 milhões de prejuízo. Estão ocorrendo centenas de demissões, empresas estão fechando e num momento de crise essa resolução é um grave retrocesso. Como esta é uma resolução do Contran, essa é uma questão de competência da Câmara Federal. Por isso vamos enviar a ata da audiência realizada para os nossos deputados federais, para podermos trabalhar juntos em prol dos empresários paranaenses e brasileiros”, afirmou Paulo Litro.

Reversão – O presidente da Associação Brasileira das Empresas Vistoriadoras de Extintores Veiculares (Abravea), Igolvani Baschirotto, acredita que a Resolução 556/2015 pode ser revertida pelo Departamento Nacional de Trânsito, órgão que controla o Contran. “Nós temos todos os laudos técnicos que provam que o extintor é um item importante de segurança, que salva vidas. Então o Denatran não tem argumento técnico para impor essa regra. Estamos com várias ações judiciais em andamento e também contamos com a ajuda dos deputados, para tentarmos reverter essa situação”, ressaltou.

 

 

 *Confira mais notícias sobre a Assembleia Legislativa do Paraná no Facebook.

 

Carregando galeria do Flickr...

  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep
  • Fotos: Pedro de Oliveira/Alep

Fotos: Pedro de Oliveira/Alep

Fonte: Assessoria de Imprensa (41) 3350-4188 ou 4049

Notícias mais lidas

Destaques