Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

20/04/2017 às 16h55 > atualizado em 20/04/2017 às 17h21

Audiência pública na Alep debaterá dificuldades para acesso ao tratamento do câncer de mama metastático

Por Assessoria de Imprensa, com informações da FEMAMA.


O acesso no Sistema Único de Saúde (SUS) ao tratamento do câncer de mama metastático – fase mais avançada da doença – será debatido em audiência pública no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Paraná, na próxima quarta-feira (26), a partir das 9 horas, conforme proposição do deputado Ademar Traiano (PSDB), presidente do Legislativo estadual. O evento tem articulação da Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (FEMAMA) e da ONG Mão Amiga Beltronense de Prevenção ao Câncer, em parceria com diversas outras entidades.

O foco principal da audiência é a falta de acesso na rede pública de saúde a medicamentos usados para combater o câncer de mama metastático, como o trastuzumabe, que está no SUS apenas para pacientes em fases iniciais ou localmente avançadas da doença. Além desta, outras terapias importantes também não são ofertadas na rede pública, sendo acessíveis apenas a pacientes que dispõem de convênios de saúde.

Dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA) dão conta que o Paraná registre cerca de 3.730 novos diagnósticos de câncer de mama em 2017, numa média de dez novos casos por dia – o que seria a quinta maior taxa de ocorrências do país.







Notícias mais lidas

Destaques