Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

23/04/2014 às 19h15

Assembleia promove sessão para homenagear João Luiz Fiani e para celebrar os 20 anos do Teatro Lala Schneider

Por Sandra C. Pacheco e Luiz Alberto Pena

A Assembleia Legislativa realizou uma sessão solene especial na noite desta quarta-feira (23), conforme proposição do deputado Stephanes Junior (PMDB), para comemorar em seu Plenário os 20 anos de fundação do Teatro Lala Schneider, de Curitiba, e também para homenagear o premiado ator, diretor e dramaturgo João Luiz Fiani, criador daquele espaço cultural, com a concessão do título de Cidadão Benemérito do Paraná.

Stephanes justificou a iniciativa destacando a importância de Fiani no cenário teatral curitibano, bem como aquela casa de espetáculos, “um polo disseminador da cultura e revelador de grandes talentos, que leva o nome de uma das maiores artistas da dramaturgia paranaense”.  A atriz Lala Schneider, a propósito, completaria 88 anos de idade justamente neste 23 de abril de 2014.

O paranaense Fiani nasceu no município de Palmeira, na região dos Campos Gerais, em 8 de setembro de 1963, e estreou no teatro no ano de 1979, no auditório do Colégio Estadual do Paraná, com o espetáculo “O Jogo da Independência”, dirigido por Zélia Hurmann. Desde então atuou em mais de 50 espetáculos, além de escrever e dirigir centenas de peças. Como ator, ele destaca entre seus trabalhos encenações como “Zumbi”, “Colônia Cecília”, “Mistérios de Curitiba”, “O Carrasco do Sol”, “O Mágico de Oz”, “O Vampiro e a Polaquinha”, “O Inimigo do Povo”, “Gritaria nos Muros da Cidade”, “Nem Freud Explica” e “Don Juan de Molière”.

Formado pelo Curso de Teatro do Teatro Guaíra, o mais novo cidadão benemérito paranaense trabalhou com grandes nomes ligados à arte da representação, como Antônio Carlos Kraide, Oraci Gemba, Nelson Di Córdova, Eddy Franciosi, Ivone Hoffmann, Lala Schneider, Fernando Rodrigues de Souza, Armando Maranhão e Ademar Guerra, entre outros.

No cinema participou de longas e curtas premiados nacionalmente, repetindo a experiência também em novelas, seriados e programas humorísticos das diferentes emissoras de televisão.

Como empreendedor, João Luiz Fiani construiu e inaugurou o teatro que leva o nome da atriz Lala Schneider em 1994, que recebe, em média, dez mil espectadores ao mês, com a realização de cerca de 40 apresentações. O Teatro Lala Schneider mantém também, por meio do seu Núcleo de Profissionalização Teatral, um Curso Livre de Teatro, voltado não apenas à profissionalização de atores, mas servindo também a profissionais de diferentes áreas, que buscam o aperfeiçoamento da comunicação e da própria expressividade, além de oferecer turmas para crianças e adolescentes.

Um segundo teatro seria inaugurado por Fiani dez anos mais tarde, em 2004, que é a Casa de Teatro Edson D’Ávila. O ator e diretor é proprietário também da Cia. Máscaras de Teatro, da Metáfora Cia. de Teatro, e dos Comediantes, assim como da já mencionada escola do Núcleo de Profissionalização Teatral, responsável já pela formação de inúmeros e destacados profissionais das artes cênicas. Na área da comunicação social, Fiani atuou também em diversas emissoras de rádio e de televisão brasileiras, apresentando telejornais e programas de variedades.

 

 

Fonte: Assessoria de Imprensa (41) 3350-4188 ou 4049



Notícias mais lidas

Destaques