Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

02/08/2017 às 19h35 > atualizado em 04/08/2017 às 11h08

Assembleia homenageia Sandra Marchini Comodaro com título de Cidadã Honorária do Paraná

Por Sandra C. Pacheco

A advogada Sandra Marchini Comodaro, sócia-diretora do escritório Nelson Willians Advogados Associados, em Curitiba, recebeu na noite desta-quarta-feira (2) o título de Cidadã Honorária do Paraná, em sessão solene que aconteceu na Assembleia Legislativa. A honraria é concedida pela Lei nº 19.057/2017, de autoria do deputado Stephanes Junior (PSB), com o objetivo de louvar o empreendedorismo, a perseverança e a dedicação da conceituada profissional que veio a Curitiba para concluir a instalação da sede local do escritório e aqui acabou permanecendo.

A solenidade, comandada pelo presidente do Poder Legislativo, deputado Ademar Traiano (PSDB), contou com a presença de diversas autoridades, entre elas a  secretária de Estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; o secretário para Assuntos Estratégicos do Governo do Paraná em Brasília, Luciano Pizzatto; a presidente do Provopar estadual Carlise Kwiatkowski; e o presidente do Corpo Consular do Paraná, Thomaz Amaral Neves; além de líderes de diversos segmentos, como o presidente da Associação Comercial do Paraná, Gláucio Geara; o presidente da Federação do Comércio, Darci Piana; e o presidente da Nelson Willians & Advogados Associados, Nelson Willians.

Inovação e ousadia – “Estar à frente de uma empresa exigiu um grande trabalho, mas também lhe permitiu ousar, implantando sistemas de informática inovadores no mercado, que aperfeiçoaram o tempo e o trabalho dos funcionários resultando, assim, em melhorias na produtividade”, justificou Stephanes Junior, ao propor a honraria.

E em vídeo gravado para explicar sua ausência à cerimônia reafirmou a competência e a conduta ética da gestora que ajudou a montar um dos principais escritórios de advocacia do estado: “ Aqui Sandra fez amigos e ajudou o Paraná. Neste momento difícil por que passa o Brasil, com a Operação Lava Jata e o juiz Sergio Moro, é importante homenagear pessoas do bem, como você”.

Nascida na capital paulista, Sandra Comodaro chegou a Curitiba – que não conhecia “nem mesmo a passeio” – em 2008, com a missão de instalar a sede regional de uma das maiores bancas de advogados do Brasil.  Graduada em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e em Direito pelas Faculdades Integradas de Guarulhos/SP, com especialização em Direito Processual Civil e Direito Tributário, assumiu papel eminentemente estratégico e delegou o aspecto técnico do trabalho aos 92 advogados que integram a equipe curitibana.

Desde a instalação no Paraná, a empresa, que conta com mais de 40 escritórios n país e um no Chile, conquistou mais de 1,1 mil clientes de áreas distintas e de portes diversos, como é o caso do grupo educacional Positivo, das automobilísticas Renault e Volkswagen, das cooperativas agropecuárias Cocamar e Coamo, das construtoras CR Almeida e J Malucelli, da Associação dos Municípios do Paraná e da panificadora Requinte. Apaixonada pelo trabalho, Sandra optou por se dedicar inteiramente à atividade profissional assim que iniciou o curso de Administração. Ainda assim, encontra tempo para fazer trabalho voluntário na área social – é inclusive conselheira do Provopar Estadual – e a se relacionar com desenvoltura entre representantes de diferentes grupos políticos.







Carregando galeria do Flickr...

  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep
  • Foto: Pedro de Oliveira/Alep

Foto: Pedro de Oliveira/Alep

 

 

Notícias mais lidas

Destaques