Notícias




07/05/2013 | 11h43 > atualizado em 08/05/2013 | 11h08

Governador autoriza projeto para duplicação da rodovia João Leopoldo Jacomel

Por Assessoria de Comunicação da Presidência
A duplicação da rodovia João Leopoldo Jacomel, no trecho que liga Pinhais e Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, está prestes a se tornar uma realidade. A obra, uma antiga reivindicação dos moradores das duas cidades, começou a sair do papel na segunda-feira (6), quando o governador Beto Richa assinou a ordem de serviço para a elaboração do projeto para a duplicação do trecho de 14 quilômetros.

Governador Beto Richa assina a autorização para a contratação do projeto executivo da duplicação da PR-415, a João Leopoldo Jacomel. / Foto: Nani Gois (Alep/ crédito obrigatório)
Governador Beto Richa assina a autorização para a contratação do projeto executivo da duplicação da PR-415, a João Leopoldo Jacomel. / Foto: Nani Gois (Alep/ crédito obrigatório)


O custo do projeto, que tem prazo de oito meses para ser executado, será de R$ 2,4 milhões. Parte dos recursos já está garantida através das economias feitas pela Assembleia Legislativa este ano. O presidente da Casa, deputado Valdir Rossoni (PSDB), ressaltou que a obra será um marco das ações de moralização implantadas no Poder Legislativo. “Em uma conversa com o governador, de pronto ele falou que já tinha essa obra. Era uma das prioridades do governo e que precisava de recursos para ser executada. Fico honrado em poder contribuir para a realização do sonho da população de Piraquara e Pinhais, que terão uma nova e bela rodovia de acesso à Curitiba. Parabéns a todos pela conquista”, disse Rossoni.

O governador Beto Richa disse que é um momento histórico para Pinhais e Piraquara, pois é uma obra prometida por diversos ex-governadores, mas que nunca foi realizada. Segundo ele, se ao menos o projeto já tivesse sido executado, as obras já poderiam ter início. “Não poderíamos cruzar os braços diante dessa grave situação e do pleito da população. Sempre estivemos sensíveis à causa, mas faltavam recursos ao estado. Calhou com o esforço dos deputados, que aplaudo e reconheço, e que anualmente têm devolvido ao Tesouro do Estado mais de R$ 100 milhões. E, por isso, hoje estamos aqui garantindo a contratação de uma empresa para elaboração do projeto”, afirmou.

O governador disse ainda que a Sanepar também irá executar todas as obras necessárias para garantir a duplicação. “Quero garantir que essa decisão da duplicação da rodovia é inadiável. Estamos dando o primeiro passo de forma concreta hoje e, em breve, estaremos todos juntos para dar a ordem para o início das obras”, acrescentou.




Fonte: Assessoria de Imprensa (41) 3350-4188 ou 4049


LEIA MAIS NOTÍCIAS RELACIONADAS