Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

12/09/2018 - 16h35

Tem campanha de incentivo ao esporte no programa da Rádio Alep desta quarta (12)

Por Cláudia Ribeiro e Odilon Araújo

 

 

Olá. Seja bem vindo. Vc está no programa da Rádio Assembleia, comigo, Odlion Araújo e com a jornalista Cláudia Ribeiro.

Isso aí. Vamos saber o que temos  para esta quarta-feira.

Economia: Juros do cheque especial têm alta

Jovens estão  desistindo  dos Planos de saúde ;

E os planos de saúde também são o tema de Cláudia Silvano hoje.

Na entrevista, vc conhece um novo jeito de conseguir “patrocínios” em um esporte bem conhecido.

Quer saber mais? Então fique com a gente, porque o programa está só começando.

(sobe som))

CLÁUDIA - VAMOS FALAR UM POUCO DE ECONOMIA. ODILON?

ODILON -  VAMOS SIM – TEM UM NÚMERO BEM RECENTE DIVULGADO PELO PROCON DE SÃO PAULO SOBRE OS JUROS DO CHEQUE ESPECIAL!! POIS ESSES JUROS – A TAXA MÉDIA - SOFREU UMA LIGEIRA ALTA DE AGOSTO PARA SETEMBRO. PASSOU – EM MÉDIA DE 13,18% EM AGOSTO PARA 13, 2 % EM SETEMBRO !!!

 

CLÁUDIA – POIS É, A ALTA É LEVE MAS SE FORMOS CONSIDERAR O PESO DESSE DINHEIRO NA HORA QUE O CONSUMIDOR VAI EM BUSCA DO EMPRÉSTIMO, O NÚMERO É ASSUSTADOR. SIGNFICA QUE OS CEM REAIS – QUE O CONSUMIDOR CONSEGUE RETIRAR HOJE POR EMPRÉSTIMO NO CHEQUE ESPECIAL – DAQUI A TRINTA DIAS VIRAM 113 REAIS E VINTE CENTAVOS NA HORA QUE ELE TIVER DE PAGAR ESSA CONTA. COMO SEMPRE ALERTA A CLAUDIA SILVANO – AQUI DO PROCON PARANA – DINHEIRO FÁCIL, É DINHEIRO CARO, PORTANTO – QUEM PUDER QUE FIQUE BEM LONGE DO CHEQUE ESPECIAL

 

ODILON -  NO MESMO LEVANTAMENTO FEITO EM SÃO PAULO, PELO PROCON, AS TAXAS DO EMPRESTIMO PESSOAL SE MANTIVERAM DE AGOSTO PARA SETEMBRO EM 6,28%.

É UM POUQUINHO ABAIXO DA TAXA SELIC – HOJE ESTABILIZADA EM 6,5%. ENTÃO SE VC ESTÁ PRECISANDO DE DINHEIRO EMPRESTADO, MAIS UMA VEZ. FUJA DO CHEQUE ESPECIAL. OS PRÓPRIOS BANCOS TEM OUTRAS FORMAS DE CRÉDITO A PREÇOS BEM MAIS BAIXOS.

MUITA ATENÇÃO, MINHA GENTE!!

(sobe som))

 

CLÁUDIA -   AGORA NOSSO ASSUNTO É A SITUAÇÃO COMPLICADA DO HOSPITAL EVANGÉLICO, em Curitiba, um dos maiores do estado. .

ODILON -  EM AGOSTO, O LEILÃO QUE TERIA GARANTIDO A VENDA DO HOSPITAL EVANGÉLICO ACABOU SENDO ANULADO – SIMPLESMENTE PELO NÃO CUMPRIMENTO, POR PARTE DA EMPRESA QUE ARREMATOU A COMPRA DO HOSPITAL, DO QUE ESTAVA NO CONTRATO.

 

CLÁUDIA : A EMPRESA – ATÉ ENTÃO GANHADORA - QUE ASSINALOU QUE FARIA A COMPRA DO EVANGÉLICO POR 259 MILHÕES DE REAIS – NÃO GARANTIU O DEPÓSITO DOS 20% DO VALOR, O QUE DEVERIA TER SIDO FEITO NUM PRAZO DE ATÉ DOIS DIAS UTEIS DEPOIS DO ARREMATE. AÍ TODO O PROCESSO FOI ANULADO.

ODILON : AGORA – O TRIBUNAL REGIONAL DA JUSTIÇA DO TRABALHO MARCOU NOVA DATA PARA O LEILÃO DO EVANGÉLICO. O NOVO PREGÃO SERÁ EM 28 DE SETEMBRO. OS INTERESSADOS DEVEM APRESENTAR A DOCUMENTAÇÃO EXIGIDA ATÉ O DIA 20 DE SETEMBRO. QUEM CUMPRIR TODAS AS EXIGÊNCIAS LEGAIS SERÁ DECLARADO HABILITADO A PARTICIPAR DO PREGÃO ATÉ O DIA 24 DE SETEMBRO. O LANCE MÍNIMO PARA ARREMATE DO HOSPITAL EVANGÉLICO É DE 205 MILHÕES, 994 MIL E 575 REAIS E SESSENTA E SETE CENTAVOS.

CLÁUDIA: DIA 28 DE SETEMBRO, PORTANTO, O HOSPÍTAL QUE É REFERÊNCIA NO ATENDIMENTO A QUEIMADOS EM TODO O PAÍS; e  QUE É TÃO IMPORTANTE NO ATENDIMENTO DE EMERGÊNCIAS PELO SUS EM TODA A REGIÃO DE CURITIBA,  PODERÁ TER UM NOVO DONO.

(sobe som))

Odilon: E ainda na área da saúde, os planos de saúde perderam, entre 2014 e 2018, mais de 5% (5,4%) de clientes, segundo dados da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). O número de planos caiu de 49,9 milhões, em junho de 2014, para 47,2 milhões, em junho deste ano. Saíram principalmente os mais jovens, pessoas com até  39 anos e ficaram os mais velhos: a partir de 40 anos.  

Cláudia: A má notícia para todos é que isso pode encarecer os planos, porque os jovens, em geral, pagam menos, mas também usam menos, enquanto os mais velhos normalmente pagam mais, mas também usam mais os planos. Com uma participação menor de jovens, a conta fica mais difícil de fechar, porque o grupo que fica,  tem mais pessoas com doenças, e os gastos médios por paciente tendem a subir.

Odilon: A saída de jovens chegou a 3 milhões. Eram 31,74 milhões, em junho de 2014, e caíram para  28,74 milhões, em junho deste ano. É o oposto do que aconteceu na outra ponta da clientela. Dos clientes com 40 anos para cima, o número total de beneficiários subiu de 18,21 milhões para 18,49 milhões (280 mil pessoas a mais), uma alta de 1,5%, puxada principalmente  pelos mais velhos.

Cláudia: Uma das principais razões para a saída mais acentuada dos mais novos nos planos de saúde passa pela disparada do desemprego.... Além de o desemprego ser maior entre os mais jovens, as demissões cortam os convênios pela raiz, já que a grande maioria dos contratos do país hoje é  de planos empresariais, pagos pelas empresas a seus funcionários. ELES SOMAM quase 70% dos contratos. Ou seja, para a vasta maioria dos usuários, perder o trabalho é sinônimo de perder o benefício.

(sobe som))

Odilon: E por falar no assunto, no nosso quadro de hoje onde a diretora do Procon/PR, Cláudia Silvano  responde dúvidas de consumidores, o tema são  exatamente os Planos de saúde, que ela diz que estão entre as questões com menos índices de reclamação: chegam a 2% da demanda que chega ao Procon.

 Mesmo assim,  Cláudia Silvano  aconselha que, antes de reclamar o consumidor precisa ler bem o contrato: vamos ouvir.

(sonora)

(sobe som))

Cláudia: Na nossa entrevista de hoje falamos sobre o jiu jitsu, aliás, sobre o que um grupo de atletas tem feito na tentativa de buscar recursos para participar de  competições internacionais. Imagine que eles têm ido  para a rua  dos bairros Bacacheri e  Cabral, em Curitiba,  vestidos com quimonos, para vender balas e doces e também para pedir  doações. Eles ficam pelo menos durante uma hora por dia nos cruzamento de ruas movimentadas.

Odilon: Tudo isso faz parte de uma iniciativa de alunos da uma academia do bairro  Cabral, A ideia da iniciativa foi do lutador Rafael Nascimento Campos e logo contou com a participação de  outros alunos que integram a equipe.

Com a gente está a O Rafael. Bem vindo.  Essa foi a única maneira de obter recursos?

(sonora)

Quando começou a campanha e quanto já conseguiram arrecadar?

Estão compartilhando também nas redes sociais. Com tem sido a resposta?

Quais são os campeonatos que a equipe pretende participar?

Vamos  falar um pouco do que é o jiu jitsu.  É uma arte marcial que nasceu no Japão e que se difundiu pelo mundo todo. É conhecida também por arte suave. Por que?

(sonora))

O regulamento conta com pelo menos dez regras simples, não é? Como por exemplo, o próprio uso do kimono: O que mais a gente pode destacar?