Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

13/03/2018 - 11h09

Palestra no Plenarinho marca lançamento de Núcleo da Defensoria Pública

Por Cláudia Ribeiro

(Descrição do áudio)) 

 Por meio de uma parceria com a  Escola do legislativo,  foi lançado na manhã desta terça-feira (13) no Plenarinho da Assembleia,  o Núcleo Especializado da Infância e Juventude   da Defensoria Pública  do Paraná, com uma  palestra sobre o tema:  “Direito à convivência familiar da criança e do adolescente”, feita pelo  juiz de Direito auxiliar da Corregedoria-Geral de Justiça do Paraná, Sérgio Luiz Kreuz. Entre outros números, ele disse que no Brasil, são 47 mil as crianças e adolescentes em situação de acolhimento, vivendo em instituições, afastadas das famílias de origem, segundo o Conselho Nacional de Justiça e que as  consequências psicológicas e afetivas no desenvolvimento dessa população são  preocupantes.  Por isso, lembra que é fundamental a união das instituições.

(Sonora)

O evento foi aberto aos servidores tanto os da Assembleia como  de outros órgãos públicos, estudantes e interessados no tema. Quem se inscreveu pôde obter certificado de participação. O diretor da Escola do Legislativo, Dylliardi Alessi pontua que este não foi o primeiro evento em parceria com a Escola da Defensoria Pública e que o objetivo é trazer mais atividades  de qualidade e sempre de graça para a população e para os servidores aprimorarem seus conhecimentos.  

(Sonora))

O Núcleo será  formado por um coordenador, um defensor auxiliar e grupos de colaboradores em todo o estado, além de uma  equipe técnica com assistente social e psicólogo. Uma estrutura enxuta,  mas que deve crescer à medida que forem surgindo as demandas. O objetivo de atuação do Núcleo, de acordo com o  defensor público-geral do estado, Eduardo Abraão, é traçar a política institucional interna de atendimento à população na área da infância e juventude e com uma atuação permanente.

(Sonora)

Marcelo Lucena Diniz, que será o coordenador do Núcleo ressalta  que a Defensoria sentia a necessidade da criação de um setor específico para os direitos da criança e do adolescente em relação principalmente à  educação, uma das maiores demandas.

(Sonora)

Para a deputada Cláudia Pereira (PSC), que preside a Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência na Casa,  a criação de um Núcleo Especializado vem para reforçar um trabalho que já existe, mas que precisa de melhorias em uma área vulnerável e que requer  ações imediatas, já que as sequelas no menor são para sempre.

(Sonora)

Da Assembleia Legislativa do Paraná, repórter Cláudia Ribeiro.

Notícias mais lidas

Destaques