Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

26/06/2018 - 19h27

Estudantes passam por treinamento para participarem do Parlamento Universitário/2018

Por Cláudia Ribeiro

Tramitação de projetos em comissões temáticas, o caminho de uma proposta de lei, termos utilizados em plenário, como questão de ordem, regimento interno, sanção, veto....Temas que são fundamentais para quem atua no Poder Legislativo e que fazem parte do processo legislativo. E que foram incluídos no treinamento para o parlamento Universitário/edição 2018. Foi na noite desta terça-feira (26) no Plenário da Assembleia. O palestrante foi o diretor legislativo da Casa e diretor da Escola do Legislativo, Dylliardi Alessi. Para ele,  nem sempre os alunos,  até mesmo  das faculdades de Direito, conhecem o assunto.

(Sonora)

  Mais de 700 inscritos de diversas universidades  aprenderam, por exemplo, como se elabora um projeto, técnica legislativa, o que é competência da Assembleia,  entre outras atribuições cotidianas do Poder Legislativo. Eles  disputam as 54 vagas como deputados, e outras 54 como suplentes para a terceira legislatura ou a terceira  edição do Parlamento universitário da Assembleia Legislativa do Paraná, que  traz para dentro do Poder Legislativo estudantes universitários     de cursos variados,  mas todos ligados à área política, que vão “tomar  o lugar” dos parlamentares “oficiais“ durante dez dias.  

Antes disso, será preciso vencer a eleição dentro da universidade e Nicolas de Castro, da Unibrasil acha que tem chances.

(Sonora)

O treinamento é necessário, porque não  basta  ocupar uma cadeira no Plenário. É preciso exercer todas as funções de um deputado, como debater e apresentar projetos, votar e, principalmente, articular. Amanda Leska sabe disso. Na faculdade onde cursa Direito, a Unicuritiba, ela conta que a seleção será rigorosa.  

(Sonora)

O Parlamento Universitário é um projeto de ensino, pesquisa e formação política baseado na simulação das atividades parlamentares, que acontecem dentro  da Assembleia.  Participam do evento a Universidade Federal do Paraná, Pontifícia Universidade Católica (PUC/PR), Unibrasil, Unicuritiba, Uninter, FAE, Opet, Universidade Positivo e, este ano, a Universidade Tuiuti do Paraná.

  Os alunos selecionados participam de sessões de posse e organizam-se em partidos, bancadas e blocos parlamentares. Eles também elegem a Mesa Executiva e formam  comissões temáticas que vão analisar e votar os projetos apresentados pelos próprios participantes. Mais do que ensinar como funciona o Poder legislativo, o objetivo do projeto é aproximar o jovem da política e da cidadania.

  Da Assembleia Legislativa do Paraná, repórter Cláudia Ribeiro.

Notícias mais lidas

Destaques