Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

06/11/2018 às 17h23 > atualizado em 06/11/2018 às 17h25

Tercilio Turini pede informações sobre índices de possível reajuste do pedágio

Por Assessoria de Imprensa, com colaboração da assessoria parlamentar.

O deputado estadual Tercilio Turini (PPS) quer saber se haverá reajuste das tarifas de pedágio a partir de 1º de dezembro, como já ocorreu em anos anteriores, e quais os índices a serem autorizados para cada uma das 27 praças de cobrança das concessionárias de rodovias do Anel de Integração. A Assembleia Legislativa do Paraná vai encaminhar nos próximos dias pedido de informações à Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Infraestrutura do Paraná (Agepar).

O requerimento de Tercilio Turini, aprovado em Plenário na sessão desta terça-feira (6), questiona se a Agepar já recebeu os pedidos de reajustes e qual o embasamento econômico-financeiro das concessionárias. Solicita também dados sobre os estudos da Agepar, quando pretende apresentá-los à população e por que não convoca representantes da sociedade organizada para participar das análises e cálculos sobre o possível reajuste. Para ele, é importante o suporte técnico de transportadoras de cargas, cooperativas, indústrias, empresas de ônibus e outros segmentos.

Turini lembra que a tarifa do pedágio é um dos itens que mais encarece o Custo Paraná, onerando o setor produtivo e, por consequência, atingindo o bolso de todos os paranaenses. “Mesmo sem utilizar as rodovias pedagiadas, todos os consumidores pagam o custo do pedágio acrescido às despesas de transporte. É o chamado efeito cascata, que invariavelmente chega ao preço final do produto”, ressalta.



Notícias mais lidas

Destaques