Site de A a Z ///
Siga-nos:
 

▶ Divulgação ///

<< Voltar ///

06/06/2018 às 16h15 > atualizado em 08/06/2018 às 10h35

Inscrições para o Parlamento Universitário 2018 já estão abertas

Por Trajano Budola

As inscrições para o Parlamento Universitário 2018, uma realização da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), estão abertas e vão até o próximo dia 20 de junho. Podem se inscrever nesta terceira edição do projeto de ensino, pesquisa e formação política, oferecido pela Escola do Legislativo, acadêmicos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Pontifícia Universidade Católica (PUC/PR), Unibrasil, Uninter, Unicuritiba, FAE, Opet e Universidade Positivo, instituições de ensino superior conveniadas com a Alep.

As atividades do Parlamento Universitário iniciam no dia 26 de julho com o treinamento dos inscritos e a seleção dos participantes vai do dia 28 de junho a 6 de julho. Os nomes dos acadêmicos selecionados pelas próprias instituições de ensino superior nas quais estudam serão divulgados pela Escola do Legislativo em 9 de julho, e a partir do dia 16 de julho abre-se o período para o envio das proposições dos projetos de lei que serão debatidos na simulação das atividades parlamentares. Esta etapa de atividades práticas vai do dia 6 até o dia 17 de agosto.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), esta é mais uma oportunidade para que 54 universitários conheçam na prática o dia a dia de um deputado estadual e aprendam mais sobre civismo e participação política. “É uma grande oportunidade para o despertar político de nossos jovens, além do conhecimento e da bagagem que podem adquirir neste período em que estarão atuando como se fossem deputados estaduais, neste grande evento que a Assembleia, através da Escola do Legislativo, promove”, afirma.

Todas as informações detalhadas sobre o Parlamento Universitário deste ano podem ser obtidas no link que também é próprio para as inscrições: www.alep.pr.gov.br/escoladolegisaltivo/parlamento-universitario, através do e-mail escoladolegislativo@alep.pr.gov.br, ou ainda pelo telefone 3350-4138. Pelo link é possível acessar o Regulamento Geral do Parlamento Universitário 2018 e os modelos de proposições de projetos de lei que os alunos poderão apresentar.

Projeto de lei encampado – O Parlamento Universitário propicia a alunos de diferentes cursos de formação superior a experiência prática de um deputado estadual em todas as suas etapas. Os 54 selecionados tomam posse em seus cargos, formam as bancadas partidárias e blocos parlamentares, assumem as lideranças, presidem ou integram comissões temáticas, incluindo a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), debatem os projetos de lei elaborados por eles mesmos e os defendem e votam no Plenário da Alep. Além disso, os jovens elegem o governante que dialoga com os grupos partidários. Todas as etapas são coordenadas pela Escola do Legislativo, para que tudo corra exatamente como na rotina diária de um parlamentar eleito.

A experiência já obteve tanto êxito em seus objetivos que no ano passado, em sua segunda edição, 1.303 alunos das oito instituições conveniadas se inscreveram e passaram pela etapa de seleção. O projeto de lei apresentado em 2017 pela estudante Gabriela Lólia Damasceno, do curso de Direito da Unicuritiba, foi inclusive encampado pelo deputado Ademar Traiano, e hoje tramita na Casa sob o nº 227/2018, estando em fase de apreciação pela CCJ. A proposta obriga fornecedores a informar os consumidores sobre a presença de insumos de origem suína na composição dos produtos oferecidos ao público, seja nos rótulos dos produtos ou nos cardápios, no caso de restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres. “É um exemplo da abertura que estamos dando para os nossos jovens do Paraná, propiciando que participem diretamente com sugestões e ideias. O projeto leva a minha assinatura e, após aprovado, vai se transformar em lei estadual”, explica Traiano.

Reconhecimento nacional – Outro exemplo do sucesso do Parlamento Universitário é o fato de ele ter recebido, em novembro de 2017, o prêmio de melhor projeto educacional desenvolvido por um Legislativo em prol da comunidade, durante o XXX Encontro Nacional da Associação Brasileira das Escolas do Legislativo e de Contas (ABEL), em Goiânia (GO). O projeto concorreu com iniciativas de Legislativos e Tribunais de Contas de todo Brasil, sendo aclamado por unanimidade pelos julgadores.

 

 



Notícias mais lidas

Destaques