Site de A a Z ///
Siga-nos:
 
<< Voltar ///

Paulo Litro

Partido: PSDB

Localização do Gabinete: 1º andar - sala 103 (prédio dos gabinetes)

Telefone(s): (41) 3350-4320

Biografia

Paulo Henrique Coletti Fernandes, nascido em Pato Branco, no Sudoeste do Paraná, no dia 30 de outubro de 1991, possui descendência italiana, polonesa, de negros e índios.

As famílias foram pioneiras no Sudoeste do Paraná, estabeleceram residência na cidade de Dois Vizinhos e desde então, participam ativamente da política estadual.

Paulo é filho de Rose Coletti, ex-deputada estadual durante a 17ª legislatura e Luiz Fernandes, ex-deputado estadual durante as 14ª, 15ª e 16ª legislaturas.

Em Dois Vizinhos, terra de Paulo Litro, como é conhecido em todo o Estado, estudou nos Colégios Regina Mundi, Coopermundi e Unisep onde concluiu o Ensino Fundamental. Em Curitiba, estudou no Colégio Martinus e concluiu o Ensino Médio no Colégio Bom Jesus Centro. Em 2013, formou-se em Direito, pela Universidade Positivo, e, no mesmo ano, foi aprovado na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) seção Paraná.

Paulo começou sua vida pública aos 20 anos. Desde criança, sempre acompanhou os pais em eventos ligados diretamente a política. Sua primeira atuação no meio, foi como assessor da Casa Civil, no Núcleo Jurídico Administrativo e em seguida na Secretaria de Estado de Assuntos Estratégicos, durante a primeira gestão do Governador Beto Richa.

Filiou-se ao Partido da Social Democracia Brasileiro (PSDB) em 2011, e integrou-se à Juventude do Partido participando de movimentos estudantis, discutindo e buscando soluções para os problemas que os jovens enfrentam. Desde então, acredita que essa realidade pode ser modificada com muito trabalho e com boas políticas públicas voltadas a esse público.

Para tanto, em 2014, decidiu candidatar-se deputado estadual e foi eleito com 60.918 votos. Sua campanha foi pautada em apresentar o novo modo de atuar na política, tendo um mandato participativo e ações voltadas ao bem-estar da população, além de propostas direcionadas para a promoção dos jovens.

Atuando na Assembleia Legislativa do Paraná, teve seu primeiro Projeto de Lei aprovado em 2015. A Lei número 18.711 estabelece diretrizes para o aumento de vagas de trabalho para o primeiro emprego no âmbito do Estado do Paraná. De acordo com ela, as empresas beneficiadas com incentivos fiscais do Governo do Paraná, devem dispor de 10% (dez por cento) de suas vagas para aqueles que nunca tiveram a carteira de trabalho assinada.

No mesmo ano, foi eleito presidente da Comissão de Direitos da Juventude, que tem como objetivo debater, orientar, apoiar e fiscalizar a atuação do poder público na elaboração e execução de políticas públicas para a juventude, além de analisar medidas que visem o fortalecimento e a ampliação de programas destinados aos mesmos, manifestando proposições relativas a esses interesses.

Já obteve oito Projetos de Lei sancionados pelo Governador do Estado, com atuação em diversas áreas.

Paulo Litro, com atuação forte e posicionamento contundente dentro da Assembleia Legislativa do Paraná, é relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) de Questões Fundiárias instalada em 2017, membro da CPI de Tarifas Portuárias, além de ser membro titular da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), e outras sete Comissões Permanentes.

Comissões Permanentes em que é membro:

1-Comissão de Finanças e Tributação

2-Comissão de Obras Públicas, Transparência e Comunicação

3-Comissão de Indústria, Comércio, Emprego e Renda

4-Comissão de Defesa do Consumidor

5-Comissão de Direitos Humanos e Cidadania

7-Comissão de Direitos da Juventude

Paulo acredita que a política estadual e nacional passa por um novo momento, e é preciso que haja atualizações contínuas de conhecimento. Para tanto, participa de cursos voltados para novas estratégias políticas, bem como a sua pós-graduação em direito administrativo.

Paulo acredita ainda que a participação da sociedade é essencial para que a política passe por uma renovação e pauta seu mandato de forma conjunta entre a população e o direcionamento político.

.

* (As informações contidas no perfil do deputado são de responsabilidade da assessoria do próprio parlamentar)